Postagem em destaque

Os livros encaixotados em Palmeira dos Índios e o legado de Graciliano

Palmeira dos Índios virou notícia nacional, com a divulgação, pela Controladoria Geral da União (CGU), de que mais de 13 mil livros estão...

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Não Esqueça: Dia 22 de Agosto – Dia do Folclore



FOLCLORE

Lembrando que todo dia 22 de agosto é destinado à  comemoração do folclore brasileiro. Dia do Folclore Nacional. Uma forma de valorizar as histórias e personagens do folclore brasileiro.
Desta forma, a cultura popular ganha mais importância no mundo cultural brasileiro e mais uma forma de ser preservada. O dia 22 de agosto é importante também, pois possibilita a passagem da cultura folclórica nacional de geração para geração.
Comemoração
O Dia 22 de agosto é marcado por várias comemorações em todo território nacional. Nas escolas e centrou culturais são realizadas atividades diversas cujo objetivo principal é passar a diante a riqueza cultural de nosso folclore. Os jovens fazem pesquisas, trabalhos e apresentações, destacando os contos folclóricos e seus principais personagens. É o momento de contarmos e ouvirmos as histórias do Saci-Pererê, Mula-sem-cabeça, Curupira, Boto, Boitatá, etc.
Nesta data, também são valorizadas e praticadas as danças, brincadeiras e festas folclóricas.
BRASIL CULTURA

Viagem Literária – SP

viagemliteraria1

Desde de 7 de agosto, o Viagem Literária, programa do Governo do Estado de São Paulo que proporciona o contato de autores consagrados com cidadãos paulistas em bibliotecas municipais de todo o estado, deu início ao seu terceiro módulo. Participarão das atividades escritores voltados ao público adulto, que visitarão bibliotecas do interior, litoral e Grande São Paulo para um bate-papo com o público.
Entre os convidados estão Ignácio de Loyola Brandão, Daniela Arbex, vencedora do Prêmio Jabuti de 2016 e Eduardo Spohr, autor do best-seller A Batalha do Apocalipse, além de Santiago Nazarian, Rafael Gallo (um dos vencedores do Prêmio São Paulo de Literatura 2016), Ricardo Lísias, Marcia Tiburi, João Anzanello Carrascoza, Joca Reiners Terron, Antonio Geraldo Figueiredo Ferreira, Luiz Ruffato, Santana Filho, Marcelo Maluf, Ferréz, Bruna Beber, Evandro Affonso Ferreira, Estevão Azevedo e Michel Laub. Cada autor visitará cinco cidades.
As cidades participantes do terceiro módulo do Viagem Literária são: Anhumas, Mirante do Paranapanema, Santo Anastácio, Dracena, Adamantina, Presidente Prudente, Tupã, Tarumã, Paraguaçu Paulista, Echaporã, Floreal, Santa Fé do Sul, Mirandópolis, Buritama, Araçatuba, Votuporanga, Lourdes, Guararapares, Birigui, Avanhandava, Lutécia, Oscar Bressane, Herculândia, Penápolis, Lins, Tabapuã, São José do Rio Preto, Mirassol, Guaiçara, Novo Horizonte, Olímpia, Jaboticabal, São Simão, Araraquara, Descalvado, Franca, Sales Oliveira, Mococa, Vargem Grande do Sul, Santa Cruz das Palmeiras, Ribeirão Corrente, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Casa Branca, Aguaí, Águas de Lindóia, Espírito Santo do Pinhal, Leme, Limeira, Monte Mor, Socorro, Louveira, Franco da Rocha, Arujá, Cotia, Ourinhos, Pirajú, Fartura, Barão de Antonina, Taguaí, Santa Cruz do Rio Pardo, Garça, Pederneiras, Lençóis Paulista, Torrinha, Taquarituba, Apiaí, Pilar do Sul, Alambari, Alumínio, Botucatu, Itapetininga, Tatuí, Boituva, Salto de Pirapora, Votorantim, Araçariguama, Santana de Parnaíba, Itapevi, Vargem Grande Paulista, Ilha Comprida, Itanhaém, Praia Grande, Cubatão, Diadema, Ilhabela, Ubatuba, Caraguatatuba, Santo André e Ferraz de Vasconcelos.
A programação do Viagem Literária, que completa dez anos em 2017, não para por aí: entre setembro e dezembro acontece em bibliotecas de todo o estado o módulo de escrita criativa, com material elaborado pela escritora Noemi Jaffe, finalista do Prêmio São Paulo de Literatura 2016.
A programação completa do Viagem Literária está disponível no site www.viagemliteraria.org.br
Sobre o Viagem Literária
Lançado em 2008, o Viagem Literária integra o conjunto de ações do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de São Paulo (SisEB) e já foi prestigiado por mais de 285 mil participantes, entre adultos e crianças. Além da programação de encontros com os escritores, o programa traz em suas diretrizes a capacitação dos profissionais de biblioteca e também as oficinas de criação literária.

Já participaram das atividades nomes como Marcia Tiburi, Raphael Draccon, Ilan Brenman, Carla Caruso, Marcelino Freire, Cristovão Tezza, Luiz Ruffato, Daniela Arbex e Ignácio de Loyola Brandão, que já participou de diversas edições do programa: “a plateia ouve, pergunta, também conta histórias. Nada melhor para atrair uma criança, jovem, e por que não um adulto, que uma história? Sabemos que hoje competimos com celulares, tablets, vídeo games, toda aparelhagem tecnológica. No entanto por 35 anos de experiência em viagens e encontros, sabemos que a presença de um autor tem um efeito diferente, carismático”, comenta o autor.
BRASIL CULTURA