Postagem em destaque

CPC/RN PROMOVEU A I NOITE DAS HOMENAGENS EM NATAL

 Foto: Mesa de abertura, homenageados e Eduardo Vasconcelos-CPC/RN  Eduardo Vasconcelos - Presidente do Centro Potiguar de Cultura - ...

domingo, 2 de julho de 2017

Frases sobre Preconceito e Discriminação

preconceito
O preconceito é o filho da ignorância. – Mensagem de William Hazlitt
Mensagens de reflexão sobre pessoas preconceituosas, frases sobre preconceito religioso, preconceito homofóbico, racial, enfim todas as formas de preconceitos. Frases contra preconceito, mensagens para refletir sobre a vida e não acreditar cegamente em estereótipos que muitas vezes nos enganam.
Não julgue alguém pela sexualidade quando você não quer ser julgado pelo caráter. – Mensagem de Jean Lacerda
Duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. Mas, no que respeita ao universo, ainda não adquiri a certeza absoluta. – Pensamento de Albert Einstein
Quando se destrói um velho preconceito, sente-se a necessidade duma nova virtude. – Frase de Madame de Staël
Ser arrogante é uma das formas preconceituosas de se achar melhor que os outros.
Quem assume sua verdade age de acordo com os valores da vida, mesmo enfrentando o preconceito e pagando o preço de ser diferente, passa credibilidade, obtêm respeito e se realiza. – Frase de Luiz Gasparetto – Mensagens e Frases Espíritas
O preconceito é o analfabetismo da alma.
Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender; e, se podem aprender a odiar, podem ser ensinadas a amar. – Mensagem de Nelson Mandela
O medo é um preconceito dos nervos. E um preconceito, desfaz-se basta a simples reflexão. – Frases de Machado de Assis
Os preconceitos são a razão dos imbecis. – Frases de Voltaire
Enfrentar preconceitos é o preço que se paga por ser diferente. – Frase de Luiz Gasparetto
Toda forma de preconceito é algum tipo de ignorância e medo do que é diferente de nós.
Eu tenho um sonho. O sonho de ver meus filhos julgados por sua personalidade, não pela cor de sua pele. – Frase de Martin Luther King
O que é o racismo senão uma falta de consciência com a própria espécie!
O que mais odeio é gente complicada e preconceituosa, hipocrisia e ser acordado. Nenhuma outra coisa consegue ser pior do que isso. – Frases de Cazuza
Os preconceitos têm raízes mais profundas que os princípios. – Pensamento de Maquiavel
Enquanto a cor da pele for mais importante que o brilho dos olhos, haverá guerra. – Frase de Bob Marley
Não tenho preconceitos, odeio a todos igualmente. – Frase de George Bernard Shaw
A ignorância não fica tão distante da verdade quanto o preconceito. – Mensagem de Denis Diderot

Mensagens, frases e imagens


Por ser universal a música é uma linguagem desprovida de preconceito e nos faz esquecer este absurdo!
Eu odeio o racismo, pois o considero uma coisa selvagem, venha ele de um negro ou de um branco. – Pensamento de Nelson Mandela
Racismo, preconceito e discriminação em geral; É uma burrice coletiva sem explicação. Afinal, que justificativa você me dá para um povo que precisa de união. – Frases do Cantor Gabriel o Pensador

Datas contra o Preconceito

21 de janeiro – Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa
21 de março – Dia Internacional contra a Discriminação Racial
28 de junho – Dia Internacional do Orgulho Gay
Fonte: www.imagensfrases.com.br

Edital oferece R$ 10 mil a iniciativas que fortalecem cultura popular

Edital oferece R$ 10 mil a iniciativas que fortalecem cultura popular
A Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura lançou o edital Culturas Populares Leandro Gomes de Barros. Com o lançamento, a secretaria vai selecionar e premiar  500 inciativas que fortaleçam as expressões culturais populares brasileiras com R$ 10 mil cada.
Serão 200 premiações destinadas a pessoas físicas, 200 a coletivos culturais sem constituição jurídica, 80 voltadas para pessoas jurídicas sem fins lucrativos e com natureza ou finalidade cultural e em homenagem aos mestres já falecidos (in memorian). Além disso, 20 prêmios serão destinados aos herdeiros dessas pessoas que dedicaram seus trabalhos a expressões culturais e a fazeres populares.
Segundo a secretária da Cidadania e da Diversidade Cultural, Débora Albuquerque, a premiação visa valorizar e manter vivas as manifestações culturais populares, os saberes populares e os seus mestres.
Edital
O edital vai contemplar iniciativas ligadas ao Cordel, Quadrilha, Maracatu, Jongo, Cortejo de Afoxé, Bumba Meu Boi, Boi de Mamão, entre outras.
As inscrições já estão abertas e seguem até 28 de julho. Para participar, basta fazer a inscrição pela internet ou por via postal.

Entre os critérios avaliados estão: contribuição sociocultural que o projeto proporcionou às comunidades, melhoria da qualidade de vida das comunidades a partir de suas práticas culturais, impacto social e contribuição da atuação para a preservação da memória e para a manutenção das atividades dos grupos, entre outros.
Homenagem
O edital leva o nome de Leandro Gomes de Barros para homenagear o cordelista paraibano nascido em 1865, no município de Pombal (PB). Considerado o rei dos poetas populares do seu tempo, também foi chamado de “príncipe dos poetas”, em 1976, por Carlos Drummond de Andrade. Gomes morreu em 1918, em Recife.
Em edições anteriores, foram homenageados o cineasta e ator Amácio Mazzaropi (2012) e a artesã, ceramista e bonequeira do Vale do Jequitinhonha mestra Izabel Mendes da Cunha (2009). Além disso, o edital fez tributo ao mestre maranhense Humberto Barbosa Mendes, por sua contribuição para a promoção de expressões culturais típicas de sua região, como o Bumba Meu Boi (2008), e o músico Mestre Duda, por seu papel de destaque na construção da história do frevo (2007).
Fonte: Portal Brasil, com informações da Agência Brasil e Ministério da Cultura

O idioma “brasileiro” e as raízes indígenas

6e5493017867c09d2dfe1f95997f432f
Mouzar Benedito
Conto sempre a história de uma vez que estive no norte de Portugal, vi uma vaca pastando e uma menina cuidando dela. “A vaca comendo capim”, pensei… “Mas capim não é palavra portuguesa é tupi, significa folha estreita. Será que é usada em Portugal?”.
Perguntei à menina o que a vaca estava comendo e ela respondeu que era relva. Não conhecia a palavra capim.
Hoje talvez, por causa das novelas exportadas daqui para lá, os portugueses conheçam muitas das palavras exclusivas do brasileiro, que não existiam lá. São de origem tupi, do nosso falar brasileiro.
Existem mais de dez mil vocábulos do tupi no português falado no Brasil. Vou citar só duas palavras, que acho divertidas e curiosas. Quando você está sem dinheiro diz que está na pindaíba? Pois é. Pindá, em tupi, é anzol. E iba é ruim. Então, pindaíba significa anzol ruim. Para povos que viviam basicamente da pesca, ter um anzol ruim era um grande problema; quem tinha, passava fome, não é? Herdamos dos índios essa palavra, a pindaíba tão presente na nossa vida.
E jabá, sabe o que é? Vão responder que é carne seca. Sim… jabá tem hoje esse sentido. Mas seu significado original é outro. Jabá, em tupi, é fuga, fugir, fugitivo… Quando os portugueses escravizavam índios, eles fugiam, mas durante a fuga, batia a fome e eles não podiam parar pra caçar, porque seriam pegos pelos perseguidores. Então levavam carne seca, que passou a ser conhecida como carne para fugir. Daí jabá passou a significar carne seca.
Uma curiosidade: em São Paulo tem um bairro chamado Jabaquara e em Santos tem outro. Mas poucos dos seus moradores sabem o que esse nome significa. Quara significa toca, esconderijo, moradia. Então, Jabaquara é esconderijo dos fugitivos, quer dizer, o mesmo que quilombo.
Enfim, nestes tempos em que estamos na pindaíba, mas querem piorar mais ainda, acabando com direitos dos trabalhadores, se bobear, volta o regime de escravidão. Talvez tenhamos que fugir para um esconderijo tipo Jabaquara.
Mas acho melhor a gente se inspirar numa cobra para encarar os tempos que vêm aí. É caninana. Sabe o que significa isso em tupi? É “a que briga em pé”. Sigamos o exemplo da caninana!
Fonte: Blog do Sorrentino

EXECUTIVA DO CPC/RN REUNI-SE E DEFINE AÇÕES PARA AGOSTO/SETEMBRO


Executiva do CPC/RN reuniram-se hoje (2) e definaram pautas de ações

 Reunião hoje (2) do CPC/RN foi bastante proveitosa

Hoje (2) pela manhã a Executiva do Centro Potiguar de Cultura - CPC/RN, reuniram-se em sua sede provisória á Rua 15 de novembro, 174 - Centro - Nova Cruz/RN e defiram ações que serão desencadeadas nos meses de agosto e setembro.

Após duas horas de reunião a Executiva do CPC/RN definiram Convocar Assembléia Extraordinária para o dia 06 de agosto na 3ª DIRED/SEEC-RN ou no CAIC - NOVA CRUZ/RN a se confirmar, A referida Assembléia Extraordinária será realizada pela manhã e deliberará as seguintes pautas:a) Mudanças Estatutárias: Capitulo 1, Artigo 02 e 03 e  Capitulo 05,  Art. 21. Foi deliberado ainda, que o CPC/RN promoverá um Encontro Estadual com seus Diretores/as e convidados, que ocorrerá no mesmo local da Assembléia Geral, logo após o termino da mesma. Encontro esse que terá principal foco de discussão o MANIFESTO aprovado no VII EEC, realizado em maio no IFRN de Currais Novos.

No final da reunião ficou também deliberado, que o CPC/RN fará uma festa denominada, FESTA DAS HOMENAGENS, onde entidades sindicais e pessoas físicas serão agraciadas com o Diploma de HONRA AO MÉRITO,, certificado pelo CPC/RN.  - (As datas poderá ser: 03, 10 ou 17 de setembro, local e data a se confirmar).

Por último, Eduardo Vasconcelos, presidente do CPC/RN informou que no dia 12 de agosto o CPC se fará presente a Assembleia Geral, promovida pela Associação Brasileirinhos Sensação Nordestina da cidade de Parelhas/RN.

Participaram da reunião os diretores: Eduardo Vasconcelos, Washington Silva, Elaine, Claudio Lima e Junior Santos.